28 junio, 2020

Exercícios Respiratórios para Instrumentistas de Sopro

O tubista Luis Ferreira nos conta os detalhes do novo método de respiração para músicos de sopro que ele criou.

0
628

Neste artigo para Innovatuba, Luis Ferreira nos conta sobre as motivações pessoais e profissionais que o levaram a criar esta publicação tão interessante para os músicos de sopro.

Exercícios Respiratórios para Instrumentistas de Sopro

Motivações para a realização do estudo apresentado

A nível pessoal, considero fundamental que sejam realizados exercícios de modo a colmatar algumas ou todas as dificuldades que advenham da falta de eficácia musical que ocorre na incapacidade de respirar corretamente.

Neste âmbito, podemos constatar que cada vez mais está em voga o uso de aparelhos de respiração para potenciar a execução musical.

O próprio instrumento é um bom aparelho de respiração:

No caso de um instrumento com tudel, basta retirar o bocal do mesmo e soprar com a devida intensidade para obter resultados completamente diferentes.

Por vezes, a dificuldade de uma determinada passagem apenas é contornada com um estudo diversificado e baseado numa diferente respiração, sem buzzing, ou seja, sem «tocar».

Porém, em oposição à “moda” dos aparelhos de respiração, é possível que muitos instrumentistas ainda não os conheçam, nem às potencialidades dos exercícios de respiração (com e sem aparelhos).

Decidi, então, elaborar o método de exercícios de respiração:

Exercícios Respiratórios para Instrumentistas de Sopro

 

Passível de ser adaptado à rotina e ao grau de desenvolvimento de cada músico, e, simultaneamente, que fosse ao encontro das suas dificuldades individuais.

Você pode comprar esse método clicando neste link: Exercícios Respiratórios para Instrumentistas de Sopro

 

Qual a necessidade da criação deste método?

Tendo em conta a enorme lacuna existente relativa ao espólio de métodos de exercícios de respiração.

Criou-se um conjunto de exercícios organizados por três níveis de dificuldade:

  • Inicial
  • Intermediário
  • Avançado

E focados na utilização de três aparelhos específicos:

  • Breath Builder
  • Incentive Spirometer
  • Breathing Bag

Esta não foi uma ideia original, uma vez que já foi abordada em diversas ocasiões, por diversos autores especializados no assunto.

De maneira a tornar o método ainda mais completo e interessante, optou-se por se incluir, para além dos exercícios de respiração simples, outros exercícios, que deverão ser executados com o Breath Builder, com o Incentive Spirometer e com o Breathing Bag.

Estes aparelhos foram selecionados tendo como base a evolução pessoal, verificada ao longo do tempo, enquanto instrumentista, e os efeitos positivos que os mesmos proporcionaram.

Foram, sem dúvida, fortes aliados no que se refere à capacidade de ultrapassagem das dificuldades encontradas.

Relativamente aos aparelhos selecionados, torna-se fundamental realizar uma breve contextualização dos mesmos, referindo aspetos da sua história e utilidade.

 

“Strength is your enemy; weakness is your friend”  Arnold Jacobs.

 

Corroborando o defendido por Munoz (2016), a força excessiva é um dos maiores problemas dos instrumentistas de sopro.Causa um efeito negativo no som. A força excessiva mata o som (Munoz, 2016).

Esta força negativa deve-se ao facto de que a maioria dos músculos está configurada para proteger o corpo e isso pode fazer com que alguns se contraiam desnecessariamente durante o desempenho musical.

O resultado é um som forçado e tenso, ou seja, o nosso corpo precisa de estar solto e relaxado durante a performance.

Devemos reduzir os nossos esforços, sem sacrificar a qualidade do produto final.

Em suma, podemos dizer que devemos encontrar a forma mais fácil e agradável de praticar o nosso instrumento.


Atualmente, Luis Ferreira integra a Banda de Música da Força Aérea Portuguesa, é membro do quarteto de Tubas “Tupho Ensemble” e é professor da Classe de Eufónio/Tuba do Conservatório Regional de Artes do Montijo, bem como na Escola de Música da Sociedade Instrução Coruchense.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here